Entenda a importância do registro de ponto no trabalho intermitente

O registro de ponto é uma ferramenta importante para o trabalhador na modalidade de trabalho intermitente.

Esse é um trabalho em que o empregado presta serviços de forma descontínua, alternando períodos de trabalho com períodos de inatividade.

Nesse tipo de trabalho, é essencial que o empregador mantenha um controle rigoroso dos dias trabalhados.

Para que o empregado não fique sem receber os seus direitos trabalhistas.

O registro de ponto permite ao empregador conferir se o empregado trabalhou nos dias em que afirma ter trabalhado.

Além disso, esse registro é importante para a estabilidade do empregado, que pode ter seu contrato de trabalho rescindido caso demonstre ter prestado serviços em um número inferior ao contratado.

Embora o trabalho intermitente seja uma modalidade recente, o registro de ponto já é uma prática comum em empresas que contratam nesse regime.

Isso ocorre porque o registro de ponto é uma ferramenta essencial para o empregador na hora de conferir se o empregado está cumprindo seus deveres.

É importante ressaltar que o registro de ponto não é apenas uma ferramenta do empregador.

O empregado também deve manter um registro de ponto, para comprovar os dias trabalhados.


São três os tipos de registro de ponto. Caso o eletrônico seja o escolhido, a organização deverá seguir as recomendações estipuladas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de acordo com a Portaria 1510/2009.

Ponto Eletrônico

Nesse tipo, existem três maneiras de registrar o ponto:

  • Por meio da leitura biométrica, em que o colaborador bate o ponto com sua impressão digital;
  • Via cartão de ponto, no qual o funcionário usa o crachá ou outro meio parecido;
  • Por meio digital/on-line, em que o empregado pode bater o ponto via web, tablet, smartphone ou demais ferramentas, sendo a mais moderna dessas opções.

Ponto Mecânico

No registro de ponto mecânico, o colaborador usa um cartão e insere no relógio de ponto todos os dias.

Nesse cartão, ficam registradas todas as informações relativas à jornada de trabalho do empregado.

Assim, o responsável por fechar a folha de pagamento deve fazer, de forma manual, a análise dos horários de entrada e saída, banco de horas etc.

Ponto com Leitura Facial

Esse modelo de registro de ponto é um dos mais avançados atualmente, dentre todos os citados até aqui.

Nesse tipo de registro, o colaborador se posiciona em frente à câmera e suas características faciais são reconhecidas, assim, registrando o ponto.

Quando o registro de ponto é correto, é possível observar várias vantagens, tais como:

  • Possibilidade de acompanhar as horas extras realizadas e banco de horas;
  • Precisão das informações;
  • Segurança e proteção dos dados;
  • Eliminação da necessidade de ajuizamento de ações trabalhistas por falta de cômputo das horas laboradas;
  • Redução de erros no momento da análise dos dados relativos à jornada de trabalho realizada, entre outras.

Conforme o ex-procurador geral do trabalho, Ronaldo Fleury, fazer o registro de ponto beneficia as “boas empresas”.

Em virtude de sua importância, é necessário que haja o uso correto dos colaboradores e empresas.

Leia também:

Nova medida para o Trabalho Híbrido

IRPF 2022: Como aumentar o valor da restituição ou reduzir o imposto a pagar?

Gostou do conteúdo?

Deixe seu comentário.

 

Saiba como funciona o pagamento de férias coletivas

É muito comum em diversos lugares do mundo as interrupções das atividades das empresas. Esse tipo de situação recebe o nome de “Férias Coletivas”. Entretanto, mesmo sendo algo muito comum, algumas empresas têm dificuldade de entender como ela funciona. Neste post vamos explicar tudo.

COMO FUNCIONA?

O repouso remunerado nem sempre abrangem toda a empresa e, dependendo da forma de funcionamento da companhia e de sua organização, pode haver interrupção de apenas alguns setores ou departamentos. No entanto, todos os colaboradores do setor escolhido precisam receber a concessão do descanso.

QUEM TEM DIREITO?

Todos os funcionários da empresa poderão ser contemplados com as férias coletivas. Mas vale destacar quer isso não significa que a empresa tem a obrigação beneficiar todos os seus colaboradores. A mesmo é de a empresa oferecer o gozo de 30 dias de descanso por ao funcionário, seja coletivo ou não.

Férias coletivas é um período de repouso remunerado, concedido aos trabalhadores de uma empresa de forma conjunta. (Imagem: Ilustrativa)
Férias coletivas é um período de repouso remunerado, concedido aos trabalhadores de uma empresa de forma conjunta. (Imagem: Ilustrativa)

E O AVISO DE FÉRIAS?

Ao contrário do período de descanso individua, onde a empresa deve comunicar ao funcionário com pelo menos 30 dias de antecedência do início. A férias coletiva deve ser informada com pelo menos 15 dias de antecedência.

E O FUNCIONÁRIO COM MENOS DE 12 MESES?

No caso do trabalhador com menos de 12 meses completados na empresa, ele também poderá ser completado. Porém, o seu pagamento será proporcional ao período de descanso que ele tem por direito. Assim, o que passar disso, será considerado licença remunerada.

Férias coletivas é um período de repouso remunerado, concedido aos trabalhadores de uma empresa de forma conjunta. (Imagem: Ilustrativa)
Férias coletivas é um período de repouso remunerado, concedido aos trabalhadores de uma empresa de forma conjunta. (Imagem: Ilustrativa)

COMO DEVERÁ SER FEITO O PAGAMENTO?

Da mesma forma que as férias individuais, elas são pagas com um adicional de 1/3 do salário do trabalhador. Essa remuneração é feita com dois dias antes do início do período de repouso.

Procure uma contabilidade profissional e qualificada para fazer todos esses trâmites para a sua empresa.

Migre agora para a Fiscalizo e fique despreocupado com essas questões trabalhistas. Siga as nossas redes sociais Instagram, Facebook, LinkedIn e Youtube

 

Leia também

Pesquisa revela relação entre empresário e contador. Veja

Como escolher o melhor Regime Tributário para 2021

Efeitos da Pandemia sobre os cálculos do 13º salário

 

Atendimento por whatsapp ou chat boot? Qual o melhor ?

Ao abrir uma empresa a primeira coisa que pensamos, além de todas as documentações necessárias, é, como iremos fazer este atendimento aos clientes. Nos últimos anos, de 2008 até agora, as empresas estão tendo que atender em multiplataformas.

Em meios a tantos meios de atendimentos o mais popular de todos ainda continua sendo o bom e velho telefone. Mas, em meio a virtualização dos meios de compras, o número de atendimentos online ultrapassou o telefonema e hoje, whatsapp e chat boot são os meios de contato, empresa e consumidor, mais usados no mundo.

Engana-se quem pensa que apenas e-commerces ou empresas ficadas em captação de clientes na web usam este recurso, hoje, só no Brasil, cerca de 78% das empresas usam este recurso.

Além do recurso de atendimento pela internet ser mais barato, a agilidade é peça chave. A poucos anos atrás, empresas focavam em atendimentos em regiões especificas para diminuir o custo com ligações interurbanas, minutos falados ou até mesmo os SMS.

Com o atendimento web precisa-se apenas de um computador e um operador, e pronto. Assim, a sua empresa consegue atender um número bem maior de clientes e todas as conversas ficam gravadas e, ao finalizar uma cópia vai para o cliente e outra fica com o setor de fiscalização da empresa.

Mas, em meio a essa tecnologia, qual escolher para sua empresa? WhatsApp ou Chat boot?  Bom, as duas ferramentas são excepcionais para quaisquer atendimentos e, independente da escolha você ficará satisfeito com a agilidade das ferramentas. Porém, há algumas diferenças entre elas que, uma escolha poderá agregar ainda mais em outros setores da empresa.

O whatsapp, pode te agregar em muitos fatores, a começar pela sua popularidade, sendo assim, você tem a certeza que todos os clientes que chegarem ao seu site conseguirão ser atendidos. A empresa dona do aplicativo mensageiro, observando que a ferramenta era muito usada para esse tipo de atendimento, resolveu criar a versão Business. Com a versão empresarial, sua empresa consegue passar uma identidade verdadeira se diferenciando dos usuários comuns.

Outra grande vantagem é possibilidade de contratar serviços extras, por empresas externas, para otimizar ainda mais o atendimento com respostas automática, funil de atendimento e captação de leads que, podem ser usadas por outros setores, como o marketing. Ah, e vale lembrar que é gratuito para usar o app na versão business do aplicativo.

O chat Boot, por sua vez, não é um serviço oferecido por uma única empresa, com isso você consegue encontrar ferramentas com vários gatewares diferentes que podem ajudar ainda mais no atendimento porém, esses serviços são cobrados a medida que você vai acrescentando mais recursos.

Muitas empresas focam o atendimento em captação de leads para serem usados em outros setores da empresa, então, o chat boot é uma ótima escolha, isso porque, para iniciar um atendimento o cliente precisa deixar seu nome completo e seu email, em muitas das vezes o telefone e a cidade.

Bom, agora que você já sabe as diferenças entre as ferramentas vale estudar sobre as vantagens e recursos. Se você está buscando uma ferramenta sem custo e ficada realmente em atender seus clientes o Whatsapp é ideal.  Mas, se busca um atendimento mais personalizado, com funil para os setores dentro da empresa e na captação de leads, sem duvida o Chat Boot é a ferramenta certa.

Suporte