Caixa Tem vai oferecer créditos para usuários

O aplicativo da Caixa Tem da Caixa Econômica Federal, pegou a todos de surpresa ao informar que irá disponibilizar microcréditos de R$ 100 a R$ 300. Entretanto, o serviço ainda se encontra em fase de teste e liberação final.

Um dos primeiros passos do banco em relação ao aplicativo foi migrar os beneficiários do auxílio emergencial para uma conta poupança digital que permite movimentação através do Caixa Tem.

O QUE DISSE A CAIXA

De acordo ao presidente da Caixa Econômica Federal, o banco passará a oferecer também linhas de crédito para usuários do Aplicativo. Após o fim do auxílio emergencial.

Ficou definido que os valores dos benefícios irão variar entre R$ 100 e R$ 300, sendo que o banco também irá realizar sorteios de até R$ 250.000.

Vale destacar que essa não é a primeira vez que o Pedro Guimarães havia falado dos valores dos empréstimos, em outra ocasião, ele já adiantou que seriam de R$ 100,0R$ 200 e R$ 300, com liberação digital. Na avaliação dele, os valores são baixos, mas os impactos serão positivos, pois superarão os possíveis calotes. O aplicativo está em fase final de desenvolvimento.

Tudo o que precisa saber sobre o Imposto de Renda 2021

De acordo ao presidente da Caixa Econômica Federal, o Caixa Tem passará a oferecer também linhas de crédito para usuários do Aplicativo. (Imagem: Ilustrativa)
De acordo ao presidente da Caixa Econômica Federal, o Caixa Tem passará a oferecer também linhas de crédito para usuários do Aplicativo. (Imagem: Ilustrativa)

Prorrogado o prazo do Simples Nacional 2021. Saiba tudo

CLT ou PJ. Qual a melhor forma de trabalho?

A medida é para diminuir os efeitos da pandemia de Covid-19 na economia. Uma campanha divulgada pela caixa, promete sortear prêmios de até R$ 250 mil, para aqueles que estão inscritos no aplicativo. Porém, isso só será possível graças a uma parceria entre o banco e a Visa, que servirá para elevar o número de transações eletrônicas, tendo em vista que o sorteio se dará de forma digital.

O desejo do presidente da Caixa é alcançar as famílias de baixa renda, que foram afetadas pela pandemia da Covid-19, e também os beneficiários do auxílio emergencial, que poderão solicitar o crédito por meio do Caixa Tem.

COMO PARTICIPAR

Para participar, previamente, a pessoa deve estar inscrita no Caixa Tem, atendendo a esse requisito, basta seguir as seguintes instruções:

  • Acessar a plataforma “Vai de Visa” e se cadastrar;
  • Feito isso, basta realizar quatro compras de qualquer valor, utilizando o cartão de débito ‘online’ do Caixa Tem
  • A cada quatro compras será disponibilizado um número para o usuário, que poderá ser sorteado.
  • Serão disponibilizados um certificado ouro no valor de R$ 250 mil;
  • Cartões pré-pagos de R$ 10.000 (serão feitos sorteios ao menos 4 vezes ao mês);
  • Mais de 1.400 cartões pré-pagos com valores variados de R$ 50, R$ 100 e R$ 250.

Fontes: Correio Braziliense, TV Brasília e Jornal Contábil.

Conheça a Fiscalizo Contabilidade

Siga as nossas redes sociais: Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e Linkedin.

Quais os impactos do coronavírus nos negócios de eventos empresariais

De acordo a uma pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), os reflexos da pandemia do Coronavírus nas atividades econômicas são bastante significativos.

O isolamento social é uma das medidas preventivas para conter a aglomeração de pessoas e, assim, evitar a proliferação do novo coronavírus. Com isso, o segmento de eventos do país sofreu drasticamente. Um levantamento feito pelo Sebrae, em abril, mostra que a pandemia do coronavírus afetou 98% do setor de eventos. Apesar de terem sido impactadas pela crise, 64% das empresas afirmam que não preveem demissão dos funcionários nos próximos três meses.

Para tentar amenizar os efeitos da crise, empresários tentam negociar prazos: 34% devolveram o dinheiro para o contratante, mas 35% deles contam que conseguiram negociar crédito para utilizar futuramente.

A pesquisa ouviu prestadores de serviços de organização de feiras, congressos, exposições e festas, além de profissionais cujos trabalhos envolvem aluguel de estruturas como palcos, estandes, iluminação, som, bem como serviços de filmagens, produção fotográfica, bufê de festas, decoração, assessoria cerimonial, seguranças, transporte, agência e operadora de turismo, entre outros.

Receita Federal exige devolução do Auxílio Emergencial. Saiba mais.

Tudo o que precisa saber sobre o Imposto de Renda 2021

 

O impacto provocado pela Coronavírus também fica evidente observando o faturamento do setor. (Imagem: Ilustração)
O impacto provocado pela Coronavírus também fica evidente observando o faturamento do setor.. (Imagem: Ilustração)

Prorrogado o prazo do Simples Nacional 2021. Saiba tudo

CLT ou PJ. Qual a melhor forma de trabalho?

O impacto provocado pela Covid-19 também fica evidente observando o faturamento do setor. Em comparação ao mês de abril do ano passado, 62,5% dos entrevistados acreditam na redução de 76% a 100% do faturamento em abril deste ano.

Adaptações para a sobrevivência dos negócios

Buscando soluções para sobreviver a este momento e visando à preparação para a retomada dos negócios, 30,1% dos empresários estão aprimorando a gestão. Uma preocupação também é o relacionamento com o mercado: 25,2% dos entrevistados estão fortalecendo essa relação. As medidas adotadas durante a quarentena para evitar a falência abrangem a capacitação de funcionários: 17,2% dos empresários investem em qualificação da equipe para esse novo momento, e 15,5% adotam o uso de novas tecnologias.

Para minimizar os impactos nesse setor é necessária a atuação conjunta das entidades de apoio do setor de negócios e eventos. Trabalhando junto é possível elaborar projetos e políticas assertivas para desenvolvimento do setor e recuperação da economia.

Conheça a Fiscalizo Contabilidade e siga as nossas redes sociais Instagram, Facebook, Linkedin e Youtube.

Fonte: Sebrae

 

Suporte